sexta-feira, 17 de setembro de 2010

5 Minutos

Tens cinco minutos. Tens o declínio e tens o infame, tens o flamejar de algo que não sabes justificar e tens o rodear de uma estrada que te leva à meta mais profunda. Tens as tuas decisões, os teus problemas, tens todas as preocupações mundanas que te cercam e te estrangulam a cada minuto que passa.
E é isso mesmo, é o passar do tempo. De cinco minutos, já só tens três. Os três estão a contar e o tic-tac do relógio é uma coisa que ainda não sabes travar. Quando dás por ti, o tempo já passou, e tu, onde estás? No mesmo lugar, na mesma posição, no mesmo raiar de espaços que te perturbam, na mesma debilidade e instabilidade que te manipula distraidamente. Todavia, não sabes se vais continuar aí ou se vais partir desafogadamente para outrora, para outro sítio conhecido ou desconhecido, bom ou mau, aborrecido ou de fortuna. Não reconheces as possibilidades perante o que chamas ser a tua própria figura senil. Porque elas são demasiadas, tantas e tão emaranhadas que chegam a ser incontáveis.
Vais mesmo deixar que o tempo se encarregue do que és? Perdeste a dinâmica.


16 comentários:

  1. Muito lindo.... nos desperta. Amei a foto. Parabéns.

    :*

    ResponderEliminar
  2. O teu texto consegue consumir uma alma, pensar no resultado do tempo na nossa vida, sem dúvida!
    Já agora, obrigada por seguires o meu blog mas eu não sei quem és :$
    E mudei-me:
    http://bem-me-queres.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. é bom saber que alguém visita tanto o meu blogue. Obrigado pelas visitas :)

    ResponderEliminar
  4. Amei! Amei cada palavra, cada frase e cada emoção que conseguiste transmitir. Está apenas perfeito querida!
    Vou seguir :)

    ResponderEliminar
  5. é bom saber que todos os dias vou ver as estatísticas, tenho lá a indicar que tu visitas-te o meu blogue :) obrigado por passares por aqui todos os dias.

    ResponderEliminar
  6. :O andaram a traficar as minhas estatísticas do blogue!!!

    LOL

    pois realmente é estranho... porque todos os dias que vou lá ver aparece o teu link do teu blogue que me visitou :S

    enfim...

    o meu blogue é um virus para muita gente xD MUAHAHAHAHA para mim principalmente

    ResponderEliminar
  7. :P obrigado... sim sim é muito linda *.* OMG nem devia ver muito o vídeo senão fico horas a olhar para o vídeo... ou melhor, para ela :$ hihihi

    ResponderEliminar
  8. sim também foi por isso que gostei do vídeo, a historia que é contada está mesmo linda...

    encontrei o vídeo no vimeo... tenho mais alguns favoritos por lá :D

    ResponderEliminar
  9. ok eu vejo... :) o meu preferido é este http://vimeo.com/12157374 mas tenho muitos mais nesse género.

    ResponderEliminar
  10. outro que achei interessante foi este http://vimeo.com/5919220

    ResponderEliminar
  11. também gostei daquele que me mandaste...está mesmo bom... já meti no facebook :D

    este é mais um que adoro http://vimeo.com/6540668

    ResponderEliminar
  12. :O mas olha que no vimeo existem vídeos mesmo muito bons... tipo este http://vimeo.com/2845872 é muito triste. Mas adoro tanto.

    ResponderEliminar
  13. O medo é mesmo um obstáculo, mas, por vezes, torna-se muito mais forte e independente que até chegamos a pensar que tem vida própria. O medo é um dos nossos piores inimigos, mas nem sempre vem sem sentido. Por vezes abre-nos os olhos, faz-nos ver o que realmente está mal ou bem, e aprendemos com ele. Nem sempre é uma coisa má, digamos que é uma pequena ajuda para ultrapassarmos todos os nossos problemas.

    Obrigada por seguires o meu blog querida :)

    ResponderEliminar